13/09

O DESFILE PURO DRAMA DE MARC JACOBS – PRIMAVERA 19

A coleção veio repleta de volume, com muitas peças em tons pastel, riquíssimas em texturas (tweed, látex, plumas, paetês, lamé e mais).

As proporções vieram amplas e dramáticas — especialmente a roupa de noite, que, em toda sua glória embabadada, podia ser vista a metros de distância. Alguns vestidos eram enfeitados com rosetas, outros cobertos de plumagem, e alguns confeccionados em tecidos resplandecentes.

13/09

NEW YORK FASHION WEEK SPRING 19: STREET DE CABELO E MAKE

VIA: Fashionista

O clima chuvoso fez com que a audiência da New York Fashion Week da Primavera 2019 caprichasse, especialmente, nos cabelos e maquiagem. Resplandecendo de um mundo de capuzes, guarda-chuvas e chapéus, capturamos muita inspiração, por exemplo, lábios vermelhos um tanto borrados, olhos esfumados excêntricos, híbridos de trança e rabo de cavalo, cabelo ondulado bem macio, um rímel bem gráfico.

05/06

LOOKS DE FESTA NEUTROS

Quanto mais neutro, melhor. Beges, preto, branco… o preto sempre deixa a silhueta mais esguia, não suja de forma evidente e, quando fotografado, não forma vincos. Um toque de branco, porém, faz com que, em vez de clássico, pareça marcante.

Alessandra Ambrosio

Yara Shahidi

Greta Gerwig

Kaia Gerber


Sadie Sink

Millie Bobby Brown

04/06

SIENNA MILLER DE BRANCO

No fim de semana, um mar de vestidos de renda e tons pastel tomou conta do New York City’s Liberty State Park no evento Veuve Clicquot’s 2018 Polo Classic. O jogo regado a champanhe reuniu, como de praxe, celebridades, modelos, influenciadores e esportistas, todos em trajes leves. Entre muitos florais curtinhos e camisas polo brancas, o modelo da atriz Sienna Miller se destacou por seu frescor e simplicidade.

O look é da coleção de Resort 2018 da Valentino, bolsa Aranaz, sandálias de tira rosa Mansur Gavriel e óculos da coleção da Kate Young para Tura.

05/03

POIRET, OUTONO 2018

Os novos poderosos da Poiret atende pelo nome Shinsegae, e é da Coreia do Sul. A direção da casa, tanto a criativa quanto a executiva, foi confiada a duas mulheres fortes: Anne Chapelle, ex-Haider Ackermann, e Yiqing Yin, uma couturier contemplativa que desenhou sob sua própria etiqueta, homônima, além de ter contribuído com a Leonard Paris entre os anos de 2014 e 2016.

“Houve tempo para criar e experimentar, mas também para destruir e reeditar,” disse Yin durante um preview. De uma sensualidade nada óbvia, vestidos plissados desciam como cascatas de golas semelhantes a verdadeiras joias; casacões dramáticos no melhor estilo operístico combinavam-se a jacquards gráficos. Vestidos que expandiam o conceito de Poiret do vestido retangular tipo um robe, com costas fluidas, capturaram bem a alfaiataria bela e o clima relaxado chique.